Páginas

domingo, 14 de maio de 2017

Mamãe, eu te amo muito, apesar de você ter me jogado em uma lagoa logo quando eu nasci.”
- “Mamãe eu te quero muito, e eu te perdôo por ter me jogado por cima do muro de casa, mas olha mãe apesar do trauma eu sobrevivi.”
-Mãe eu te amo muito, e estou sofrendo aqui na prisão, mas eu te amo, apesar de ter aberto a porta para meu namorado te dar uma paulada na cabeça.
-Mamãe, nos te amamos muito mesmo, pois você dormiu conosco apesar de estarmos mortos há dois dias.
-Você não é minha mãe, mas é a mulher do meu pai, o que é a mesma coisa; eu te amo muito apesar de você ter me dopado para morrer, afinal você não queria que eu sofresse, eu te amo mesmo.
-Mãe, desculpe-me ter ido ao conselho tutelar pedir para mudar de família, você me matou junto com meu irmão, nós te amamos.
-Mãe eu te amo apesar de você ter deixado meu pai me jogar da janela do prédio.
-Mamãe eu te amo, apesar de você ter me deixado na rodoviaria e nunca mais voltado. Embora todo o sofrimento, eu te amo.
-Mamãe, eu te amo, embora você tenha me jogado em uma caçamba de rua, mas olha um dia eu vou poder falar pra você que eu te amo.

Algumas dessas frases poderão no futuro serem usadas, pois alguns desses filhos (as) sobreviveram.
Viva o dia das mães, as verdadeiras, aquelas que dedicam a seus filhos o único amor incondicional e desinteressado que pode haver entre seres humanos.
Pois é, Ana Jarvis, não foi bem isso que você pensou quando homenageou as mães de tua paróquia...
Deus tenha misericórdia de todos nós...
V.D.M.I.Ae.

Dias das mães? ???

Anna Maria Jarvis (1864, Webster, Virgínia - 24 de novembro de 1948, West Chester Pensilvânia) é reconhecida como idealizadora do Dia das Mães nos Estados Unidos. A idéia surgiu a partir de um episódio ocorrido na vida pessoal de Jarvis, a morte da mãe em 1905. As amigas, muito preocupadas com seu estado depressivo depois do fato, fizeram uma festa para eternizar o dia. Anna quis que a celebração fosse estendida a todas as mães. Depois de lutar três anos para oficializar a data, finalmente, em 26 de abril de 1910, o governador da Virgínia Ocidental, William E. Glasscock, acrescentou o Dia das Mães ao calendário de datas comemorativas daquele estado. Em pouco tempo outros estados dos Estados Unidos aderiram à comemoração e com isso, em 1914, o presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson [1] formalizou a data em todo o território nacional. Biografia Editar

terça-feira, 9 de maio de 2017

https://youtu.be/BrwGnoNd7_o

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Glorias ao Criador.

https://youtu.be/t98By2A_GpY

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Alguem ja atentou psra isso ?




Um homem corta para si cedros, toma um cipreste ou um carvalho, fazendo escolha entre as árvores do bosque; planta um pinheiro e a chuva o faz crescer.
 Tais árvores servem ao homem para queimar: com parte de sua madeira se aquenta e coze o pão; e também faz um deus e se prostra diante dele, esculpe uma imagem e se ajoelha diante dela. Então com o resto faz um deus para si, uma imagem de escultura. Ajoelha-se diante dela, prostra-se e dirigi-lhe suas súplicas em oração: “Ó Salva-me, pois tu és meu deus!”
 Eles nada sabem nem entendem, porque os seus olhos são incapazes de ver e os seus corações não conseguem compreender. (Isaías, 44)

terça-feira, 11 de abril de 2017

Estamos voltando...

Acabei de instalar um editor de texto  no tablete para poder voltar a publicar textos no blogue buscas-do-barao.
Fiz um ensaio de publicação,  com um texto sobre nossos irmãos cooptas que foram vítimas dos assassinos que são absolutamente COVARDES, pois agem nas sombras.
Quer me parecer, deu certo, então a razão de instalar este editor de texto e  estar digitando estas linhas.
Proximo passo será habilitar um teclado bluetooth, (será que está grafado correto), embora pequeno vai me permitir usar oito dedos para digitar.
De qualquer forma, estou voltando às origens, e o primeiro texto ousarei versar sob o quê é mais “importante”: a morte na cruz? ou a ressurreição  ao terceiro dia de Jesus Cristo.
 Quero agradecer a  todos que teem lido antigos textos deste blogue, espero continuar com essa atenção,  se gostarem, divulguem e saibam todos que
V.D.M.I. Æ.
Deus os abençoem.

domingo, 9 de abril de 2017

O que é a Igreja Copta Menos conhecida no Brasil, a Igreja Copta é uma das primeiras da história do Cristianismo. Ela nasceu algumas décadas depois da crucificação de Jesus Cristo quando, segundo a tradição, o apóstolo Marcos saiu da Terra Santa e foi fundar a Igreja de Alexandria no Egito. As igrejas caminharam juntas até o ano de 451, quando os coptas se separaram dos outros cristãos por conta de uma discussão sobre a natureza de Jesus. A discussão teológica deixou de ser motivo para desavenças e hoje os coptas, os ortodoxos e os católicos são bastante parecidos na fé. Os coptas não acreditam em purgatório, dizem que as almas das pessoas mortas vão direto para o céu, ou para o inferno. A missa copta é rezada em árabe e em uma língua copta milenar.